Toikos Blog

Atualizando você no mundo das tecnologias

Smart Cities: o que são?

Cidades Inteligentes ou Smart Cities ainda são um mistério, mas o termo vem sendo cada vez mais usado, mas você sabe o que significa? Não? Vem com a gente que te situamos!

O conceito de Smart Cities é bastante amplo, mas vamos abordar aqui os principais pontos que tornam uma cidade em inteligente e o que isso beneficia os moradores.


Smart Cities e a segurança

A segurança das cidades depende atualmente de policiais, vigilâncias, etc. E se esses cuidadores não precisassem estar presentes na cena para verificar um crime? E se utilizasse inteligência artificial? A ideia de inteligente artificial pode nos assustar as vezes, mas ela tem diversas vantagens. Já pensou podermos manter nossos vigilantes, policiais ou guardas sendo alertados via inteligência artificial quando um crime acontece, quem cometeu o crime, em que lugar e com quem? A vida nas cidades ficaria imensamente mais segura.


Smart Cities e a sustentabilidade

O que acontece se temos um sensor nas latas de lixo que avisam a empresa de coleta que o lixo está cheio? O que acontece se alguém termina o sucrilhos de manhã e o mercado mais próximo lhe envia um e-mail com entrega grátis do mesmo sucrilhos com entrega grátis agora? Isso pode parecer um pouco assustador e até pode ser, mas usado a favor do meio ambiente pode ser uma grande jogada. Nas cidades inteligentes esses ambientes serão comuns, será mais fácil saber quando deslocar um caminhão de lixo para esvaziar as latas ou quando sair da sua casa para buscar o que você precisa. A sustentabilidade nisso está na economia de tempo, economia de gasolina, diminuição da poluição no ar. Dentro das casas, atualmente, já podemos controlar nossas contas de luz, por exemplo, através de medidores de gastos de luz . Nas cidades inteligentes, teremos economia de água e energia através do controle do próprio usuário;


Smart Cities e tempo livre

Cada vez mais os seres humanos querem ganhar tempo, afinal tempo é dinheiro, não é mesmo? Existem diversas tarefas como ligar as luzes da casa, trocar de música, ir até o mercado, entre outras tarefas rotineiras que nos tiram bastante tempo no cotidiano. A ideia das cidades inteligentes é poupar você desse tempo e ocupar esse tempo com o que você mais gosta: passar tempo com seu filho, jantar com o seu amor, ouvir aquela música que você gosta muito, jogar vídeo game, ler ou o que você achar melhor. Dessa forma, as tecnologias substituem os humanos em tarefas rotineiras que tomam tempo e podem ser feitas por Inteligência artificial facilmente e de forma personalizada.


Enquanto as Smart Cities estão acontecendo e sendo construídas, mantemos nossa mente em personalizar e conectar a nossa própria casa. Que tal?